Dia Aberto à Orientação Vocacional

 

No dia 7 de maio decorreu na Escola Básica 2, 3 do Alto do Lumiar o Dia Aberto à Orientação Vocacional, organizado pelo Serviço de Psicologia e Orientação com a colaboração da Direção do Agrupamento.

Este evento teve como objetivo uma mostra de respostas formativas e profissionais para a construção do projeto vocacional e profissional dos alunos, contando com a participação de instituições e escolas de referência nesta área.

Entidades como: Colégio Maria Pia - Casa Pia de Lisboa, CENFIM, Escola Profissional de Artes e Ofícios do Espetáculo (Chapitô), Escola Profissional de Artes, Tecnologias e Desporto, Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, Profitecla, Escola do Comércio de Lisboa, Escola Profissional Agrícola Dom Dinis Paiã, Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa, Escola Secundária Marquês de Pombal, Escola Técnica Psicossocial de Lisboa, Gustave Eiffel, Instituto de Desenvolvimento Social, Instituto de Educação Técnica, Instituto de Tecnologias Náuticas, Escola Profissional de Electrónica e Telecomunicações, Escola Secundária do Lumiar, Polícia de Segurança Pública, Exército, Força Aérea, Guarda Nacional Republicana (GIPS), Polícia Municipal.

As turmas dos Cursos de Educação e Formação participaram ativamente no evento, com pinturas faciais, exposição de trabalhos (CEF de Ação Educativa) e granizados (CEF de Serviço de Mesa 2), além da organização da música.

O apoio das entidades parceiras foi essencial para a organização do evento, tais como: a Junta de Freguesia do Lumiar, a Associação Raízes, o Centro Social da Musgueira, o Centro de Desenvolvimento Comunitário da Ameixoeira, a Associação de Residentes da Alta de Lisboa, entre outros.

A atividade decorreu durante a manhã no recinto desportivo da escola, de forma dinâmica, onde a música e a dança proporcionaram animação aos alunos e professores do 3º ciclo, bem como do 2º ciclo, numa interação com alunos, professores e técnicos das entidades participantes, proporcionando um dia diferente e um contributo para o seu projeto de vida. 

 

   
         
   
         
   
         
   

 


 

A Aula foi na rua

 

Sem memória não temos História. Sem História, não temos identidade. Sem identidade, não existimos.

Por isso - também por isso -, na escola estudamos o Tratado de Zamora, a implantação da República, o 28 de maio de 1926, o Estado Novo, o 25 de abril de 1974, entre outros períodos e acontecimentos.

A última grande revolução da nossa História tem 40 anos. E não a podemos estudar apenas, devemos celebrá-la. Porque, se hoje a escola pública existe para todos e todas, a ela o devemos. Porque, se hoje a ditadura é um pesadelo passado, a ela o devemos.

Assim o entendemos e festejámos. No dia 24 de abril, na escola 2,3 do Alto do Lumiar, o Vítor Sarmento abriu a festa com cantigas de intervenção. “Eu vi este povo a lutar”, “A cantiga é uma arma”, “O que faz falta”, entre outras e, no final, “Grândola”, a senha, ecoaram no pátio.

Depois, levámos cravos às escolas 91 e 34. Daí trouxemos cartazes e a letra da Grândola.

Pelo caminho, os bombos anunciavam a nossa intenção às pessoas do bairro: “Hoje a aula é na rua”, dizia uma faixa. E atrás ia toda uma escola que sabe ter responsabilidade na construção da memória coletiva.

Esta geração de alunos/as tem uma oportunidade única: aprender a História de 1974 sem recurso exclusivo aos livros e filmes. Podemos, ainda, falar com pessoas que viveram o 25 de abril e que, mais ou menos diretamente, estiveram envolvidas na revolução. Podemos ter a noção de como existiram – e existem sempre – heróis anónimos que nunca são citados nos manuais.

Em suma, podemos perceber que as grandes mudanças históricas se fazem com gente, com gente como nós, gente anónima mas imprescindível. E esta é a melhor lição de cidadania que se pode dar. E esta é a melhor aprendizagem que se pode fazer: que o futuro se constrói, que “juntos temos o mundo nas mãos”.

Este dia foi ativamente apoiado por parceiros muito disponíveis - a Salamandra Dourada, o Centro de Desenvolvimento Comunitário da Ameixoeira e a PSP – Escola Segura-, sem os quais a comemoração não teria sido tão viva.

O dia 24 de abril de 2014 ficará na lembrança destes alunos e alunas.

O dia 25 de abril de 1974 fará parte da memória destes cidadãos e cidadãs.

 

 

 

   
         
   
         
   
         
   

 

 

       
Vídeo da Atividade:     http://www.youtube.com/watch?v=FacQXIoAbxY 

 

 


Apresentação do Livro Livre na Biblioteca Escolar

 

No dia 22 de abril, o Francisco Ruivo e a Danuta Wojciechowska vieram à nossa escola. O historiador e a ilustradora são parte da equipa que concebeu o Livro Livre, projeto a que a nossa escola se associou.

Sessenta alunos e alunas vão ter oportunidade de ser co-autores/as de um livro que celebra uma das revoluções da nossa História: a dos cravos. É um projeto que apela ao diálogo intergeracional, a propósito do qual se constrói uma parte da nossa memória coletiva.

 

   

 


 

Ação de capacitação/dinâmicas de motivação

 

Sob o pretexto de uma reunião geral de Professores, Técnicos Superiores, Assistentes Operacionais e Assistentes Técnicos Administrativos, no dia 2 de abril de 2014, a direção do Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar, proporcionou a todos acima referidos uma Ação de capacitação que incluiu dinâmicas de motivação.

Todos os presentes foram surpreendidos pelo Kula e pela Sofia, facilitadores e coachers do Ritmundo. Durante 1hora e 30 minutos, todos os presentes foram convidados a conhecerem-se melhor. Num espaço que abrangeu diferentes níveis hierárquicos, o Kula e a Sofia criaram uma matriz comunicacional partilhada, entre som, música e técnicas de relaxamento, geradora de bem-estar, assim como promoveram reflexões estruturais em cada um de nós, de forma a criarmos novas perspetivas sobre dinâmicas grupais.

A direção do Agrupamento demonstrou reconhecer o trabalho de todos os envolvidos e sabe também, que sem as técnicas adequadas de autogestão e trabalho colaborativo, por vezes as prioridades atropelam-se e nem sempre as equipas estão à altura do seu potencial.

Foi com muito carinho que todos os presentes reagiram à iniciativa. A direção do Agrupamento apenas quer que nos tornemos melhor a fazer aquilo que fazemos.

O nosso muito obrigado!

 

   
             
           

 


 

Semana da Leitura

 

Entramos na semana da leitura com a visita do famoso  ratinho Geronimo Stilton. Os alunos dos quintos anos, com a ajuda dos professores de Português prepararam algumas questões e ficaram a conhecer melhor alguns dos seus segredos e aventuras com a Tea Stilton. 

Ao longo desta semana também recebemos na biblioteca da escola sede os alunos do JI e do 1ºciclo da EB Dr. Nuno Cordeiro Ferreira para uma ação de sensibilização de promoção da saúde oral com a leitura da história "O menino que detestava escovas dos dentes". No final da sessão, os alunos aprenderam uma canção e  foi-lhes oferecido um desenho com o kit de escovagem dos dentes do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral . 

Em parceria com a Associação de Pais (APEAL), professores e alguns alunos estiveram à conversa com a escritora Isabel Leal que apresentou o seu último livro "A menina que sabia usar o coração".

Nesta semana também ocorreu a ida  de algumas turmas  da Professora de História e Geografia de Portugal, Isabel Louçã à Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro para assistirem à sessão  intitulada "Canções de abril", onde foi realçada a importância da canção como veículo de denúncia, protesto e exaltação dos valores da liberdade, nos anos anteriores ao 25 de abril de 1974. Os alunos também tiveram a oportunidade de acompanhar muitas das canções da resistência com os vários instrumentos disponibilizados pela orientadora da atividade, Isabel Gonçalves.

Ainda foi promovido, em colaboração com o Professor  de Educação Moral e Religiosa Católica, Orlando Correia, uma conferência/debate intitulada "Escravatura hoje e ontem." com a presença do Padre Carlos Nunes (Missionário Comboniano) e que contou com a especial colaboração dos alunos da Professora Isabel Peres que apresentaram várias canções ao longo desta sessão.

Assim decorreu a semana da leitura, esperando que os nossos alunos sintam os livros como um encontro que os envolve no sentimento de ser mais.

 

   
         
   
         
   
         
   
         
       

 


 

Dia da Escola

 

No dia 10 de março a nossa escola esteve de parabéns. Festejámos mais um aniversário da nossa Escola.

Os alunos puderam participar em várias atividades que a escola juntamente com os seus parceiros apresentaram. Os alunos sentiram que a escola também pode ser diferente. Pode ser um local  onde se divertem e onde podem dar provas de grande responsabilidade.

Os nossos alunos realizaram novas aprendizagens, sorriram perante a novidade, olharam curiosos para o que desconheciam…e souberam fazer, ser e estar.

Os professores empenharam-se em porpocionar um dia bonito e enriquecedor aos alunos. Os parceiros colaboraram mais uma vez com a escola, merecedores da nossa gratidão. Os nossos alunos estiveram de Parabéns!!!

 

   
         
   
         
   
         
     
 

 


 

Museu dos Combatentes

 

No dia 19 de fevereiro, o Museu dos Combatentes veio até à nossa escola.

A professora Isabel Peres, promotora deste encontro, dinamizou conjuntamente com a representante do Museu uma sessão lúdico-pedagógica para os alunos da turma 8.º A.

Nesta sessão os alunos visualizaram um powerpoint alusivo ao museu, que mostrou os vários tipos de aviões que existiram em Portugal e finalizou com a construção de dois aviões.

A representante deste museu deu uma entrevista para a SicK na Biblioteca da nossa escola e um dia destes os nossos alunos aparecerão neste canal televisivo.

São experiências destas que ainda não se encontram nos manuais escolares e que tanta falta fazem aos alunos.

Sabemos que também assim aprendem a voar e apreendem que há voos mais altos.

 

   
         
   
         

 


 

Dia de São Valentim

 

No dia 14 de fevereiro, o Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar, comemorou o dia de São Valentim. Tradição inglesa com que nos familiarizamos, foi festejada na nossa escola porque esta é também um palco de primeiros amores e de amizades recíprocas. Assim, neste dia fizeram-se bolachas em forma de coração. Na Biblioteca Escolar esteve um marco do correio, onde os alunos escreveram mensagens que foram distribuídas por cupidos. Na sala de aula dos alunos foram expostos postais e cartazes alusivos a este dia.

Os nossos alunos brincaram com as palavras e viajaram pelas gavetas mágicas do mundo onde se encontram os afetos.

Cabe-nos ajudá-los a serem responsáveis, empenhados e audazes na construção do lugar-comum do AMOR.

 

   
         
   
         
   
         
   

 

Contactos

  • Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar
  • Av. Carlos Paredes
  • 1750-314 Lisboa
  • Tel: 217 571 510
  • Fax: 217 560 932
  • Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.